quarta-feira, fevereiro 20

Doce Veneno


Ele atacou-me

Deixou sua marca em mim

Amorteceu meu corpo com seu veveno, me

Entorpeceu, agora não o vejo em meu ninho.

O lençol esta entre aporta, manchado.

Manchado com meu sangue. Sujo, pois você foi

O único a me deixar nua, numa cama em plena

Sexta a noite Sem troco para o cigarro, táxi e

Pinga. Agora, me resta apenas, o meu pingar por aí,

junto do veneno Entorpecedor, porém, apenas você

sabe deixa-lo avassalador.



Creative Commons License
Palavras Improvisadas by www.palavrasimprovisadas.blogspot.com is licensed under a Creative Commons Atribuição-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.






9 comentários:

Anônimo disse...

Adorei!!!

assina...

Eder disse...

Os venenos doces sao os mais perigosos...

Anônimo disse...

Lúúú!!! adorei...
sua cara..
sucesso pra vc xuxu!! saudade!!

Bjooo


Andresa

claudio prado disse...

venenos entorpecentes e avassaladores pingam por ai...nas camas das sextas, dos sabados da vida des-arrumando des-rimando as premeditadas noites dos ninhos
pre-ocupados »»»»»»»»»»»»»»»»»
venenos »»»»»»»» ah os venenos!!!!!

Vilma disse...

Cuidado, venenos em altas doses pode matar, hehehe...Bjos baby.

Anônimo disse...

Se o veneno for doce.. Que mal há?

As Margaridas no Jardim de Infancia disse...

Será que todo veneno é doce?
as vezes me questiono, preferindo não entrar em parafuso...
agora temos um mesmo lençol para dividir, se é que me entende!

sangraremos juntos, mas com direito a troco para o cigarro.

célia musilli disse...

Nada fácil a sua personagem ,hein??! rs Um grande beijo

Rafael Avansini disse...

E então já não são mais apenas traços ínfimos que marcam nossos corpos...
E o veneno... Ahh, o inevitável veneno que entorpece e mata deliciosamente.
É fantástico sentir essa substância vil e terna correr nas veias... ;)
Sempre... Vc sabe...