quarta-feira, fevereiro 27

Distância




Mais uma noite, e a cama continua imensa,

Da mesma maneira de quando você se foi.

Ocupar a cabeça não é a saída, muito menos a

Solução. Afinal de contas, a cama continuará

Vazia. As vezes penso, existe uma forma de burlar

Isso? Sei que existe, afinal de contas, no seu mundo

Sempre existem saídas, e, as soluções são

Facilmente encontradas. Já no meu mundo... (drama).

Esses últimos dias me pergunto, como

Podem existir dois mundos, sendo que dividimos a mesma

Cama, uma única cama, onde era para

Ser apenas um mundo. A solidão é o meu lugar?

Quizas, quizas, quizas






Creative Commons License
Palavras Improvisadas by www.palavrasimprovisadas.blogspot.com is licensed under a Creative Commons Atribuição-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.

7 comentários:

Karine Spuri disse...

lucas lindu lucas...

Vilma disse...

A nossa essência é única e solitária, descobrir isso dói pra cacete!

célia musilli disse...

É Lucas, o difícil é conciliar as diferenças quando se ama...rs.

Obrigada pela linda música (La Fleur) que vc deixou no meu blog. Hoje citei vc no meu post. Um bj.

Eder Fernandes disse...

Nunca se é um, somente dois. O uno é indivisível.

SAMANTHA ABREU disse...

a solidão da cama espaçosa...
de um travesseiro que sobra....


um beijoOO!
volte sempre lá!
;D

Anônimo disse...

essa tal distância é chata ein?!
pior ainda qdo inventa d doer...

t adoro Lú!
Bjo

Andresa

As Margaridas no Jardim de Infancia disse...

sempre existem saídas...
claro, e uma delas é imafinar estar numa cama de solteiro e se esticar, ao ponto de ocupar toda a a cama real - de casal, e sonhar, até não querer acordar, e confundir, realidade com utopia...
foda, Lú...
muita falta.
beijos.